Última hora

Para ter uma imagem a 360° das Festas de San Fermin, é necessário ir além da icónica corrida de touros que, apesar de tudo, é o coração deste evento.

Entre 6 e 14 de julho, a cidade de Pamplona recebeu dezenas de milhares de visitantes. Há gigantones e cabeçudos que fazem as delícias dos mais novos, por exemplo.

Há acrobacias, marchas musicais, concertos improvisados, jogos tradicionais, cantorias e muito mais. No fim do festival, decorre a cerimónia onde se entoa o “Pobre de mi”, que marca o arranque da contagem para as festas do ano seguinte.

A euronews leva-o pelas ruas de Pamplona para ver o outro lado de San Fermin.