Última hora

Primeiro-ministro irlandês avisa Irlanda do Norte sobre Brexit

Em leitura:

Primeiro-ministro irlandês avisa Irlanda do Norte sobre Brexit

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira visita oficial a Belfast do primeiro-ministro irlandês Leo Varadkar deixou claro que a Irlanda não quer sucumbir a um Brexit de barreiras, obstáculos e recuos.

Varadkar chamou-lhe “o desafio da nossa geração” e pediu “soluções excepcionais” nas relações entre o Reino Unido e a União Europeia, aventando mesmo a possibilidade de uma união aduaneira entre ambos:

“Todos os aspetos da vida na Irlanda do Norte podem ser afetados pelo resultado do Brexit. Os vossos empregos e a vossa economia, a fronteira, os direitos dos cidadãos da União Europeia, direitos dos trabalhadores transfronteiriços, financiamento de investigação, comércio, agricultura, energia, a nossa pesca, aviação, financiamento europeu, turismo, serviços públicos, e a lista continua.”, afirmou na Universidade de Queen.

A alternativa à união aduaneira entre UE e Reino Unido, seria, segundo Varadkar, que frisou não querer uma fronteira económica, um acordo abrangente de comércio livre e o eventual regresso dos britânicos à Associação de Comércio Livre Europeu.

Referiu ainda a falta de discussão positiva sobre o Brexit na Irlanda do Norte, dado o colapso do executivo norte-irlandês, incitando os políticos locais a acordos para restaurar o poder.

Leo Varadkar reúne ainda com membros de partidos políticos como o DUP ou o Sinn Féin.