Última hora

Cerca de uma centena de habitantes de Barcelona reuniram-se no sábado numa praia da cidade espanhola para protestar contra o crescimento incontrolável do turismo de massa. O afluxo de turistas aumentou o custo dos alugueres, expulsando assim as pessoas que habitam nos bairros do centro da cidade há várias gerações. O ritmo de vida nocturno dos turistas incomoda também quem se levanta cedo para trabalhar.

Muitos dos manifestantes do bairro da cidade de Barceloneta usavam t-shirts amarelas com o slogan “Barceloneta não está à venda” em catalão (Barceloneta é o bairro marinheiro do distrito de Ciutat Vella de Barcelona construído durante o século XVIII).

O protesto foi organizado por um grupo de residentes locais sob o tema “Recupere a praia para todos!”

O turismo representa 11% do produto interno bruto da Espanha. No ano passado, mais de 75 milhões de turistas visitaram o país. O número de turistas que entraram em Espanha nos primeiros seis meses deste ano aumentou 12% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo o jornal espanhol Cinco Días, depois de ter superado os 75 milhões de turistas em 2016, este ano Espanha poderá mesmo chegar aos 84 milhões, o que a acontecer será o mais alto número de sempre e fará do país o primeiro destino turístico mundial, à frente da França.

Mais vídeos No Comment