Última hora

Espanha reforça segurança

Em leitura:

Espanha reforça segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Espanha continua em reacção aos atentados recentes na Catalunha, com operações policiais a decorrer em diferentes locais na região, mas a segurança nacional fixa-se ainda no nível quatro de alerta terrorista, o penúltimo mais alto e que se traduz na não iminência de um ataque.

Albert Oliva, porta-voz da Polícia catalã, responde assim aos jornalistas:

“Se a pergunta é se neste momento há informação sobre um possível novo atentado, a resposta é não. Mas quando esta investigação acabar e como sempre temos feito, a polícia catalã vai continuar a planificar, trabalhar e investigar porque lamentavelmente este tipo de terrorismo não acaba com o que aconteceu em Barcelona.”

O ministro do Interior, Ignacio Zoido, frisou em conferência de imprensa o objectivo fundamental da função pública de garantir a convivência pacífica e a segurança de todos os cidadãos e pediu tranquilidade dentro da preocupação lógica que os atentados espalharam. Acrescentou que as autoridades espanholas consideram a célula por detrás dos ataques como totalmente desmantelada.


Quatro suspeitos estão identificados, três deles foram abatidos pela polícia. Younes Abouyaaqoub é o quarto suspeito em fuga e é presumidamente o condutor da carrinha que vitimou 13 pessoas nas Ramblas.


O Rei Filipe de Espanha e a mulher já visitaram, em Barcelona, alguns sobreviventes ao ataque das Ramblas ainda sob cuidados hospitalares.