Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Espanha reforça segurança

Espanha reforça segurança
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Espanha continua em reacção aos atentados recentes na Catalunha, com operações policiais a decorrer em diferentes locais na região, mas a segurança nacional fixa-se ainda no nível quatro de alerta terrorista, o penúltimo mais alto e que se traduz na não iminência de um ataque.

Albert Oliva, porta-voz da Polícia catalã, responde assim aos jornalistas:

“Se a pergunta é se neste momento há informação sobre um possível novo atentado, a resposta é não. Mas quando esta investigação acabar e como sempre temos feito, a polícia catalã vai continuar a planificar, trabalhar e investigar porque lamentavelmente este tipo de terrorismo não acaba com o que aconteceu em Barcelona.”

O ministro do Interior, Ignacio Zoido, frisou em conferência de imprensa o objectivo fundamental da função pública de garantir a convivência pacífica e a segurança de todos os cidadãos e pediu tranquilidade dentro da preocupação lógica que os atentados espalharam. Acrescentou que as autoridades espanholas consideram a célula por detrás dos ataques como totalmente desmantelada.


Quatro suspeitos estão identificados, três deles foram abatidos pela polícia. Younes Abouyaaqoub é o quarto suspeito em fuga e é presumidamente o condutor da carrinha que vitimou 13 pessoas nas Ramblas.


O Rei Filipe de Espanha e a mulher já visitaram, em Barcelona, alguns sobreviventes ao ataque das Ramblas ainda sob cuidados hospitalares.