Última hora

Taça do Mundial a caminho da Rússia

O guardião do troféu, responsável por levá-lo durante a viagem entre o museu da FIFA em Zurique e a Rússia, é o antigo internacional alemão Pierre Littbarski.

Em leitura:

Taça do Mundial a caminho da Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Este troféu, que já foi levantado por lendas como Beckenbauer, Maradona e, mais recentemente, a equipa alemã vencedora do mundial de 2014, já começou a viagem em direção à Rússia. Ao contrário da Taça Jules Rimet, que a precedeu e ficou nas mãos do Brasil em 1970, esta taça é sempre devolvida à FIFA depois de cada mundial. Foi levantada pela primeira vez em 1974, no mundial organizado e vencido pela Alemanha Ocidental.

O guardião do troféu, responsável por levá-lo durante a viagem entre o museu da FIFA em Zurique e a Rússia, é o antigo internacional alemão Pierre Littbarski. No país organizador do mundial de 2018, a taça vai percorrer todas as cidades onde há jogos, até ser entregue na final de Moscovo, no dia 15 de julho.