Última hora

Mikheil Saakashvili força a entrada na Ucrânia

Com centenas de apoiantes, Saakashvili transpôs a linha que separa a Polónia da Ucrânia, perto da cidade de Medyka.

Em leitura:

Mikheil Saakashvili força a entrada na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo presidente da Geórgia, Mikheil Saakashvili, conseguiu forçar a entrada na Ucrânia, este domingo, depois de, horas antes, ter sido impedido de cruzar a fronteira pelos guardas ucranianos.

Com centenas de apoiantes, Saakashvili transpôs a linha que separa a Polónia da Ucrânia, perto da cidade de Medyka.


O antigo chefe de Estado georgiano tem como objetivo participar nas eleições na Ucrânia, promover reformas e combater a corrupção.

Em julho, o presidente ucraniano Petro Poroshenko retirou-lhe a nacionalidade, adquirida em 2015, devido à degradação das relações entre ambos.

Mikheil Saakashvili conta com o apoio de várias personalidades políticas ucranianas onde se inclui a antiga primeira-ministra Yulia Timoshenko.