Última hora

Cazaquistão: A transição para a economia digital

Os Fundos de Riqueza Soberana em Astana para explorar novas fronteiras e novos mercados.

Em leitura:

Cazaquistão: A transição para a economia digital

Tamanho do texto Aa Aa

Os Fundos de Riqueza Soberana em Astana para explorar novas fronteiras e novos mercados. Nesta era da economia digital, o Cazaquistão também está à procura de oportunidades e enfrenta novos desafios.”

O evento já vai na 9ª edição e reuniu mais de 200 participantes de trinta diferentes países. Discutiram novas abordagens sobre gestão de riscos e tendências de investimento, principalmente no setor digital.

Num país onde 65% das exportações estão ligadas à produção de petróleo, é altura de diversificar, diz o chefe de estratégia da Samruk Kazyna, Baljeet Kaur Grewal, do Fundo de Riqueza Soberana do Cazaquistão: “O mais importante para nós no Fundo tem sido uma diversificação nos setores não-petrolíferos da economia. Algo que inclui aspetos como a economia verde, tecnologia ecológica e painéis solares, por exemplo”.

Durante o fórum, a Samruk Kazyna assinou um acordo preliminar com a General Electric, com o objetivo de criar um ecossistema digital sustentável para as empresas industriais do Fundo, bem como para outros potenciais negócios no Cazaquistão.

Deborah Sherry da GE Digital Europe acredita que: “a Ásia Central e o Cazaquistão em particular – sendo a maior economia da Ásia Central – está muito bem posicionado numa encruzilhada entre a Ásia e a Europa, entre o leste e o oeste. Ao avançar, adotando estas tecnologias cedo acredito que se dá um salto no crescimento”.

“Estamos à procura de novos setores para desenvolver, tanto as infraestruturas como a economia digital, mas também a agricultura. As infra-estruturas são relativamente fáceis, mas as pessoas e as capacidades, é algo que deve ser feito rapidamente porque trata-se de uma indústria digital”, acrescenta Yerzhan Tutkushev da Samruk-Kazyna .

Apresentar diferentes setores para novas tecnologias e o conhecimento digital é uma prioridade fundamental para Astana. Muitas das empresas do portfólio da Samurk Kazyna, como a Kazpost, estão a seguir o Programa Nacional de Transformação Empresarial.

Askarbek Alshanbayev da Kazpost explica: “A Kazpost é um operador postal nacional no Cazaquistão. Fornecemos serviços financeiros, postais e logísticos. Deixe-me mostrar o que fazemos na Kazpost. Hoje, usamos máquinas de classificação de encomendas completamente automáticas. Receber encomendas é muito simples, totalmente automatizado num sistema de self-service. As pessoas não precisam de fazer fila. Recolhem as encomendas e vão apenas até ao balcão para dar conta da retirada.”

Fazer a transição para a era digital em grandes empresas como no caso da Kazpost é a chave para que o Cazaquistão atinja o objetivo de se tornar líder em termos de inovação e alta tecnologia.