EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Cazaquistão: A transição para a economia digital

Cazaquistão: A transição para a economia digital
Direitos de autor 
De  Daleen Hassan
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os Fundos de Riqueza Soberana em Astana para explorar novas fronteiras e novos mercados.

PUBLICIDADE

Os Fundos de Riqueza Soberana em Astana para explorar novas fronteiras e novos mercados. Nesta era da economia digital, o Cazaquistão também está à procura de oportunidades e enfrenta novos desafios.”

O evento já vai na 9ª edição e reuniu mais de 200 participantes de trinta diferentes países. Discutiram novas abordagens sobre gestão de riscos e tendências de investimento, principalmente no setor digital.

Num país onde 65% das exportações estão ligadas à produção de petróleo, é altura de diversificar, diz o chefe de estratégia da Samruk Kazyna, Baljeet Kaur Grewal, do Fundo de Riqueza Soberana do Cazaquistão: “O mais importante para nós no Fundo tem sido uma diversificação nos setores não-petrolíferos da economia. Algo que inclui aspetos como a economia verde, tecnologia ecológica e painéis solares, por exemplo”.

Durante o fórum, a Samruk Kazyna assinou um acordo preliminar com a General Electric, com o objetivo de criar um ecossistema digital sustentável para as empresas industriais do Fundo, bem como para outros potenciais negócios no Cazaquistão.

Deborah Sherry da GE Digital Europe acredita que: “a Ásia Central e o Cazaquistão em particular – sendo a maior economia da Ásia Central – está muito bem posicionado numa encruzilhada entre a Ásia e a Europa, entre o leste e o oeste. Ao avançar, adotando estas tecnologias cedo acredito que se dá um salto no crescimento”.

“Estamos à procura de novos setores para desenvolver, tanto as infraestruturas como a economia digital, mas também a agricultura. As infra-estruturas são relativamente fáceis, mas as pessoas e as capacidades, é algo que deve ser feito rapidamente porque trata-se de uma indústria digital”, acrescenta Yerzhan Tutkushev da Samruk-Kazyna .

Apresentar diferentes setores para novas tecnologias e o conhecimento digital é uma prioridade fundamental para Astana. Muitas das empresas do portfólio da Samurk Kazyna, como a Kazpost, estão a seguir o Programa Nacional de Transformação Empresarial.

Askarbek Alshanbayev da Kazpost explica: “A Kazpost é um operador postal nacional no Cazaquistão. Fornecemos serviços financeiros, postais e logísticos. Deixe-me mostrar o que fazemos na Kazpost. Hoje, usamos máquinas de classificação de encomendas completamente automáticas. Receber encomendas é muito simples, totalmente automatizado num sistema de self-service. As pessoas não precisam de fazer fila. Recolhem as encomendas e vão apenas até ao balcão para dar conta da retirada.”

Fazer a transição para a era digital em grandes empresas como no caso da Kazpost é a chave para que o Cazaquistão atinja o objetivo de se tornar líder em termos de inovação e alta tecnologia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Encontro no Cazaquistão reúne presidentes dos parlamentos da Eurásia

Emirados Árabes Unidos apostam no turismo desportivo

PME destacadas em Praga em clima de incerteza