A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Encontro no Cazaquistão reúne presidentes dos parlamentos da Eurásia

Encontro no Cazaquistão reúne presidentes dos parlamentos da Eurásia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A capital do Cazaquistão acolheu este ano um evento que reúne os presidentes dos parlamentos da Eurásia.

Representantes de mais de sessenta países participaram na quarta edição da conferência em Nursultan. "O papel do diálogo parlamentar está a tornar-se cada vez mais importante. Para os diferentes países, estes encontros permitem encontrar formas comuns de desenvolver as economias", sublinhou o presidente do parlamento do Cazaquistão, Nurlan Nigmatulin.

Nursultan, antiga Astana, é a capital do Cazaquistão há apenas 22 anos. Num curto espaço de tempo, passou de um pequena cidade a uma metrópole de um milhão de habitantes.

"Falamos de digitalização, de questões ambientais, de temas ligados à inteligência artificial. Penso que estes encontros ajudam-nos a manter um diálogo aberto, o que é muito importante nestes tempos difíceis", acrescentou Nurlan Nigmatulin.

Do combate à fome ao reforço da paz

Para a senadora francesa Nathalie Goulet, a conferência foi uma oportunidade para chamar a atenção dos parlamentares sobre a importância do combate ao desperdício alimentar. "Todos nós temos sonhos, podemos sonhar com a paz, a segurança e proteção para todos. A minha preocupação é a prevenção do desperdício alimentar porque metade do planeta morre à fome, e, ao mesmo tempo, a outra metade faz dieta. Há algo errado neste mundo", frisou Nathalie Goulet. "Idealmente, gostaria que os deputados colocassem o tema do desperdício na agenda do parlamento dos seus países para impedir que haja pessoas com fome", considerou a responsável.

A importância do multilateralismo

Para o presidente do parlamento da Malásia, é essencial apostar numa abordagem multilateral para resolver os problemas do mundo atual. "O mundo está hoje muito interligado, não podemos centrar-nos num ou dois países, é preciso alargar o debate", frisou Mohamad Ariff, presidente do parlamento da Malásia.

Mohamad Ariff afirma que o desenvolvimento sustentável e a partilha da riqueza são alguns dos temas mais importantes que devem ser debatidos entre os países". Temos os objetivos de desenvolvimento sustentável. Não deixar ninguém para trás. É uma ideia poderosa. Porque se deixarmos uma pessoa para trás, muitas pessoas ficaram para trás. Temos de criar uma zona de paz, de cooperação e de diálogo e temos de esquecer as guerras e os conflitos. Com diálogo tudo se resolve. As pessoas querem ser felizes, querem ter as mesmas oportunidades e que a riqueza seja partilhada", sublinhou o responsável da Malásia.

A próxima conferência de presidentes dos parlamentos dos países da Eurásia terá lugar na Indonésia, em 2020.