This content is not available in your region

Preso pelos cabelos: Martin Shkreli sem fiança até janeiro 2018

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Preso pelos cabelos: Martin Shkreli sem fiança até janeiro 2018

<p>Preso por um fio. Por um fio de cabelo ou vários, neste caso. </p> <p>Martin Shkreli está preso, sem direito a fiança, depois de ter oferecido 5 mil dólares através de uma publicação no facebook <a href="https://www.publico.pt/2017/09/14/mundo/noticia/publicacoes-no-facebook-custam-fianca-e-levam-martin-shkreli-para-tras-das-grades-1785377">a quem agarrasse um cabelo de Hillary Clinton</a> durante a digressão da ex-candidata à presidência americana para promover o livro sobre as presidenciais de 2016. </p> <p><iframe src="https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FPublico%2Fposts%2F10153836598106983&width=500" width="500" height="501" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true"></iframe></p> <p>Shkreli é também conhecido como “Pharma bro”, por ter aumentado em 5 mil por cento o preço de um medicamento ou ainda como o “homem mais odiado da América”</p> <p>“Estamos obviamente desapontados. Acreditamos que o tribunal tomou a decisão errada mas ela é a juíza e por agora temos de viver com esta decisão.”, declarou Benjamin Brafman, advogado de Shkrel e de outros nomes como Dominique Strauss-Kahn ou Puff Daddy. </p> <p>“A estupidez não te torna violento”, alegou ainda Brafman, mas a juíza apontou a insistência na estupidez: na segunda publicação Shkreli frisava que os 5 mil euros tinham de incluir folículo capilar. A juíza traduziu na ausência de fiança a ameaça que Shkreli representa para a comunidade.</p> <p>Shkreli vai esperar preso a sentença até 16 de Janeiro, enquanto aguarda a <a href="https://www.publico.pt/2017/08/04/mundo/noticia/o-homem-mais-odiado-da-america-condenado-por-tres-crimes-de-fraude-1781432">sentença pela condenação anterior por fraude</a>.</p>