Última hora

Última hora

Preso pelos cabelos: Martin Shkreli sem fiança até janeiro 2018

Martin Shkreli está preso por incentivar ao assédio: publicou duas ofertas no facebook a oferecer 5 mil dólares por um fio de cabelo de Hillary Clinton

Em leitura:

Preso pelos cabelos: Martin Shkreli sem fiança até janeiro 2018

Tamanho do texto Aa Aa

Preso por um fio. Por um fio de cabelo ou vários, neste caso.

Martin Shkreli está preso, sem direito a fiança, depois de ter oferecido 5 mil dólares através de uma publicação no facebook a quem agarrasse um cabelo de Hillary Clinton durante a digressão da ex-candidata à presidência americana para promover o livro sobre as presidenciais de 2016.

Shkreli é também conhecido como “Pharma bro”, por ter aumentado em 5 mil por cento o preço de um medicamento ou ainda como o “homem mais odiado da América”

“Estamos obviamente desapontados. Acreditamos que o tribunal tomou a decisão errada mas ela é a juíza e por agora temos de viver com esta decisão.”, declarou Benjamin Brafman, advogado de Shkrel e de outros nomes como Dominique Strauss-Kahn ou Puff Daddy.

“A estupidez não te torna violento”, alegou ainda Brafman, mas a juíza apontou a insistência na estupidez: na segunda publicação Shkreli frisava que os 5 mil euros tinham de incluir folículo capilar. A juíza traduziu na ausência de fiança a ameaça que Shkreli representa para a comunidade.

Shkreli vai esperar preso a sentença até 16 de Janeiro, enquanto aguarda a sentença pela condenação anterior por fraude.