EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Preso pelos cabelos: Martin Shkreli sem fiança até janeiro 2018

Preso pelos cabelos: Martin Shkreli sem fiança até janeiro 2018
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Martin Shkreli está preso por incentivar ao assédio: publicou duas ofertas no facebook a oferecer 5 mil dólares por um fio de cabelo de Hillary Clinton

PUBLICIDADE

Preso por um fio. Por um fio de cabelo ou vários, neste caso.

Martin Shkreli está preso, sem direito a fiança, depois de ter oferecido 5 mil dólares através de uma publicação no facebook a quem agarrasse um cabelo de Hillary Clinton durante a digressão da ex-candidata à presidência americana para promover o livro sobre as presidenciais de 2016.

Shkreli é também conhecido como “Pharma bro”, por ter aumentado em 5 mil por cento o preço de um medicamento ou ainda como o “homem mais odiado da América”

“Estamos obviamente desapontados. Acreditamos que o tribunal tomou a decisão errada mas ela é a juíza e por agora temos de viver com esta decisão.”, declarou Benjamin Brafman, advogado de Shkrel e de outros nomes como Dominique Strauss-Kahn ou Puff Daddy.

“A estupidez não te torna violento”, alegou ainda Brafman, mas a juíza apontou a insistência na estupidez: na segunda publicação Shkreli frisava que os 5 mil euros tinham de incluir folículo capilar. A juíza traduziu na ausência de fiança a ameaça que Shkreli representa para a comunidade.

Shkreli vai esperar preso a sentença até 16 de Janeiro, enquanto aguarda a sentença pela condenação anterior por fraude.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apoia o filho após condenação, mesmo sem indulto. "Estamos orgulhosos do homem que ele é hoje"

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos