Última hora

Última hora

Jornalista acusado de espionagem na Turquia regressa a França

Francês foi detido por ter fotografias na companhia de combatentes curdos sírios.

Em leitura:

Jornalista acusado de espionagem na Turquia regressa a França

Tamanho do texto Aa Aa

Chegou este domingo a Paris o jornalista francês que esteve 50 dias detido na Turquia, acusado de espionagem. Loup Bureau foi recebido pelo pai. Bureau, de 27 anos de idade, tinha sido libertado na sexta-feira pelas autoridades da Turquia. O jornalista foi detido por ter fotografias na companhia de combatentes curdos sírios.

“Sinto-me aliviado. Até esta manhã, tal como disse o meu pai, não tinha a certeza se seria libertado, tinha pouca informação. Só me disseram que estava solto mas não me deram mais detalhes e puseram-me dentro do avião”, afirmou o jovem em declarações à chegada ao aeroporto de Roissy.

Loup Bureau explicou também que viveu condições de detenção “complicadas” logo no início, não foi “maltratado fisicamente”, mas sofreu “ameaças e intimidações”. O francês, apesar de ter sido libertado, ainda vai ter de enfrentar a justiça de Ancara uma vez que o processo continua a decorrer. Recorde-se que a intervenção do presidente francês foi essencial para a libertação do jornalista.