Última hora

A pesada derrota de Schulz

Os sociais-democratas sofreram mais uma derrota em atos eleitorais, na Alemanha.

Em leitura:

A pesada derrota de Schulz

Tamanho do texto Aa Aa

Os sociais-democratas sofreram mais uma derrota em atos eleitorais, na Alemanha. No seu discurso, depois de conhecidas as projeções, Martin Schulz não esteve com rodeios. Admitiu mais esta derrota mas afirmou que não está disponível para formar nova coligação com a CDU, como a que governou o país nos últimos quatro anos:

“Hoje é um dia pesado e amargo para a social-democracia alemã, não atingimos o nosso objetivo eleitoral, depois da derrota que sofremos no nosso bastião, a Renânia do Norte-Vestefália, agora também perdemos as legislativas.

Esta noite termina a cooperação com a CDU/CSU que deu origem a esta grande coligação”, afirmou Schulz.

O facto de o SPD ficar fora do governo impede que os nacionalistas da extrema-direita sejam o principal partido da oposição, mas deixa Merkel sem maioria no Parlamento.