Última hora

Palestiniano mata 3 israelitas perto de Jerusalém

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, afirma que o ataque é resultado da incitação palestiniana à violência.

Em leitura:

Palestiniano mata 3 israelitas perto de Jerusalém

Tamanho do texto Aa Aa

Um cidadão palestiniano matou 3 israelitas ao atravessar os portões de Har Adar, perto de Jerusalém, na manhã desta terça-feira.

O homem, de 37 anos, levantou suspeitas e quando abordado pelos guardas começou a atirar.
No tiroteio, o agressor acabou por ser atingido e morreu no local.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, afirma que o ataque é resultado da incitação palestiniana à violência: “Ainda estamos a investigar o evento e as suas implicações. Podemos dizer algumas coisas com certeza: A casa do terrorista vai ser demolida. Este ataque é o resultado – entre outras coisas – do incitamento à violência sistemático por parte da Autoridade Palestiniana (e de outros elementos). Espero que (o presidente palestiniano) Mahmoud Abbas condene o ataque e que não o tente justificar”.

As tropas do exército israelita invadiram a casa do atacante na aldeia de Beit Surik, na Cisjordânia.
O grupo Hamas, que controla a Faixa de Gaza, elogiou o ataque, mas não reivindicou a sua responsabilidade.
O atentado acontece num clima de tensão – numa altura de importante feriados judaicos.