Última hora

Curdistão iraquiano vota a 92% pela independência

92% dos curdos do Iraque que foram às urnas votaram sim à independência da região autónoma. Os resultados do referendo foram anunciados pela Comissão Eleitoral, que anunciou também que a participação eleitoral foi de 72%.

Em leitura:

Curdistão iraquiano vota a 92% pela independência

Tamanho do texto Aa Aa

O “sim” obteve 92,73% dos votos no referendo à independência do Curdistão iraquiano, segundo os resultados oficiais divulgados hoje pela comissão eleitoral. A consulta popular teve lugar na segunda-feira e tinha sido convocada pelo presidente da região autónoma, Massoud Barzani.

Segundo os números oficiais, a taxa de participação atingiu os 72,16 por cento.

A consulta popular sobre a independência do Curdistão decorreu nas três províncias da região autónoma curda e em territórios controlados pelas forças de segurança curdas, mas reivindicados por Bagdad.

O escrutínio é fortemente contestado pelo Iraque e pelos países vizinhos. “Condenamos todas as tentativas de espalhar o racismo e a divisão étnica, que pretendem trazer de volta o terrorismo. O terrorismo vingou tirando partido das nossas divisões e diferenças”, afirmou o primeiro-ministro iraquiano, Haidar al-Abadi.

O primeiro-ministro iraquiano pediu ao Curdistão que entregasse o controlo dos aeroportos de Erbil e Sulaimaniya e ameaçou suspender os voos internacionais diretos na sexta-feira. Várias companhias aéreas já anunciaram a suspensão destes voos a partir desse dia.