Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Curdistão iraquiano vota a 92% pela independência

Curdistão iraquiano vota a 92% pela independência
Tamanho do texto Aa Aa

O “sim” obteve 92,73% dos votos no referendo à independência do Curdistão iraquiano, segundo os resultados oficiais divulgados hoje pela comissão eleitoral. A consulta popular teve lugar na segunda-feira e tinha sido convocada pelo presidente da região autónoma, Massoud Barzani.

Segundo os números oficiais, a taxa de participação atingiu os 72,16 por cento.

A consulta popular sobre a independência do Curdistão decorreu nas três províncias da região autónoma curda e em territórios controlados pelas forças de segurança curdas, mas reivindicados por Bagdad.

O escrutínio é fortemente contestado pelo Iraque e pelos países vizinhos. “Condenamos todas as tentativas de espalhar o racismo e a divisão étnica, que pretendem trazer de volta o terrorismo. O terrorismo vingou tirando partido das nossas divisões e diferenças”, afirmou o primeiro-ministro iraquiano, Haidar al-Abadi.

O primeiro-ministro iraquiano pediu ao Curdistão que entregasse o controlo dos aeroportos de Erbil e Sulaimaniya e ameaçou suspender os voos internacionais diretos na sexta-feira. Várias companhias aéreas já anunciaram a suspensão destes voos a partir desse dia.