EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Turquia ataca PKK no Curdistão iraquiano após atentado em Ancara

Operação visou "duas dezenas" de alvos ligados aos combatentes curdos do PKK
Operação visou "duas dezenas" de alvos ligados aos combatentes curdos do PKK Direitos de autor AP ARCHIVE PHOTOSKrystal Ardrey/U.S. Air Force via AP
Direitos de autor AP ARCHIVE PHOTOS
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Erdogan reabriu parlamento turco e não mencionou os ataques, falando antes sobre a UE

PUBLICIDADE

Uma série de ataques aéreos turcos atingiram várias zonas do Curdistão no norte do Iraque. Ancara confirmou que a operação visou "duas dezenas" de alvos ligados aos combatentes curdos do PKK - o Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

Estes bombardeamentos surgiram após um atentado suicida em Ancara, reivindicado pelo PKK, que teve como alvo a sede da polícia. 

Entretanto, o presidente Recep Tayyip Erdogan reabriu o parlamento turco e optou por falar da política externa.  

"A Turquia não tem quaisquer expetativas em relação à União Europeia. Há 60 anos que estamos à espera, à porta. Se reverterem as injustiças, nomeadamente a imposição de vistos, que utilizam como uma sanção velada contra nós, poderão corrigir os seus próprios erros. Se não o fizerem, perdem completamente o direito de esperar o que quer que seja de nós", declarou Erdogan.

Um bombista acionou um engenho explosivo no coração da capital turca, este domingo. Um segundo atacante foi abatido pelas autoridades. Dois polícias ficaram feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

PKK reivindica atentado terrorista em Ancara

Erdogan pede a Putin para voltar ao acordo de cereais com Kiev

Erdogan fez o juramento de posse e deu início ao terceiro mandato como Presidente da Turquia