Última hora

Última hora

VIM-Avia ameaça falir e deixa 38 mil em terra

Em países como a Turquia a situação é mais grave, com os aviões penhorados por falta de pagamento.

Em leitura:

VIM-Avia ameaça falir e deixa 38 mil em terra

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 38 mil russos e vários milhares de passageiros de outros países estão presos em vários aeroportos, sobretudo na Rússia, devido à ameaça de falência da companhia VIM-Avia. O governo de Moscovo desbloqueou 800 mil euros para manter os voos no extremo oriente russo, onde a VIM é a única companhia a operar. Em países como a Turquia a situação é mais grave, com os aviões penhorados por falta de pagamento. Esta família ficou retida na Turquia.

“Estão-se nas tintas, o gerente do aeroporto simplesmente fugiu. Não há informações nenhumas e a VIM-Avia só nos diz que não têm dinheiro, nem água, nem comida e podemos fazer o que quisermos”, conta o pai de uma família retida na Turquia.

Vladimir Putin ameaça demitir o ministro dos transportes, Maxim Sokolov, se não for encontrada uma solução rápida. Sokolov prometeu, para os próximos dois dias um plano detalhado para garantir voos a todos os passageiros em terra. Outras companhias russas e algumas estrangeiras, como a grega EllinAir, estão a assegurar uma parte dos voos.