Última hora

Tillerson desmente conflito com Trump

Secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, afirmou que nunca pensou em demitir-se do cargo de chefe da diplomacia do Presidente Donald Trump

Em leitura:

Tillerson desmente conflito com Trump

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, afirmou que nunca pensou em demitir-se do cargo de chefe da diplomacia do Presidente Donald Trump, considerando “erróneas” as notícias nesse sentido avançadas pela cadeia NBC News.

Tillerson, no entanto, não desmentiu que tenha chamado “imbecil” a Trump no final de uma reunião, a 20 de julho, no Pentágono.

“Não lidamos com esse tipo de disparates mesquinhos”, respondeu Tillerson sobre essa matéria, que também constava da notícia da NBC News. “Simplesmente não farei parte desse esforço para dividir esta administração”, concluiu Tillerson.

De acordo com a NBC News, Tillerson apelidou Donald Trump de “imbecil” [moron] após uma reunião em julho no Pentágono, ameaçando demitir-se devido a divergências graves com o Presidente dos Estados Unidos.

A cadeia de televisão norte-americana, que citou vários altos responsáveis norte-americanos, acrescentou que o vice-Presidente Mike Pence acalmou a situação, encontrando-se com o chefe da diplomacia poucos dias depois da reunião de 20 de julho para lhe pedir para que este demonstrasse mais respeito para com Trump.

Ainda não está claro se Donald Trump foi posto ao corrente do insulto, lançado por Tillerson perante outras figuras da administração norte-americana e elementos da equipa de Segurança Nacional do Presidente. A NBC noticiou que Mike Pence e outras figuras da administração também insistiram com Rex Tillerson para que este não de demitisse.

Na segunda-feira, um dos conselheiros mais próximos de Rex Tillerson, R.C. Hammond, afirmou à agência francesa AFP que não havia “qualquer crise” entre o chefe da diplomacia e o Presidente, na sequência de mais um diferendo público, desta vez sobre a Coreia do Norte.

No domingo, numa série de ‘tweets’, Donald Trump pareceu desautorizar Rex Tillerson, a quem se dirige como o seu “maravilhoso Secretário de Estado”, quando este revelou publicamente a existência de “canais de comunicação” com Pyongyang que visam “sondar” as intenções do regime quanto ao seu programa nuclear.

“Ele está a perder o seu tempo a negociar”, escreveu Trump. “Guarda a energia Rex, faremos o que temos de fazer”, concluiu.

Minutos depois de Tillerson ter falado hoje no Departamento de Estado, Trump escreveu na rede social Twitter o que parece ser uma mensagem de apoio ao seu secretário de Estado, na prática o quarto homem na hierarquia da administração norte-americana.

“A NBC News é #FakeNews e mais desonesta até que a CNN. São uma vergonha para o bom jornalismo. Não admira que a audiência das suas notícias esteja tão baixa!”, escreveu Trump.

(Com Lusa)