Última hora

Última hora

Cuba homenageia Che Guevara

Cinquenta anos depois da morte de Che Guevara os cubanos homenageiam o guerrilheiro argentino.

Em leitura:

Cuba homenageia Che Guevara

Tamanho do texto Aa Aa

Cinquenta anos depois da morte de Che Guevara os cubanos homenageiam o guerrilheiro argentino. Trata-se da primeira cerimónia sem Fidel Castro, que morreu no final de 2016.

As cerimónias serão presididas pelo seu sucessor, e irmão, Raul Castro, em Santa Clara 300 km a leste da capital cubana, onde os restos de Comandante e um dos líderes da Revolução cubana e dos de seus companheiros de armas repousam.

Che Guevara é relembrado numa exposição. O irmão deslocou-se ao evento:

“A desigualdade que havia, quando ele lutava, hoje é maior. Os problemas que havia no mundo, quando ele enfrentava os seus problemas, hoje são maiores e piores.

Precisamos de “Che’s”, mulheres ou homens, que se tornem dirigentes para assumirem essas lutas e levá-las para a frente”, disse Juan Martin Guevara.

Che Guevara era o mais velho dos cinco irmãos de uma família da classe alta argentina. Trocou o conforto pela guerrilha. Acabou assassinado pelo exército boliviano, apoiado pela CIA.

A revista norte-americana “Time” considerou-o uma das cem personalidades mais importantes do século XX.