Última hora

Última hora

Construção do estádio olímpico de Tóquio com novas regras de segurança

Em leitura:

Construção do estádio olímpico de Tóquio com novas regras de segurança

Construção do estádio olímpico de Tóquio com novas regras de segurança
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades japoneses garantem que vão fazer tudo para que não voltem a existir mortes relacionadas com a construção do novo estádio olímpico nacional, edifício que está a ser construído para os jogos de Tóquio de 2020.

Uma garantia dada, depois de na semana passada um jovem que trabalhava nesta obra se ter suicidado. O relatório médico aponta para esgotamento: o trabalhador de 23 anos, no último mês antes de por termo à vida, trabalhou mais de 200 horas extra e ilegais. Tadashi Mochizuki, diretor da Comissão do Desporto do Japão, assumiu “o compromisso de gerir as horas e a saúde dos nossos trabalhadores, um compromisso que também assumido pela empresa responsável pela obra.”

De acordo com os serviços de inspeção, os casos de trabalho excessivo e ilegal repetem-se neste género de empreitada.
Estas declarações foram feitas no dia em que foi apresentada uma nova maquete do novo estádio olímpico de Tóquio, que deve estar pronto em 2019. A construção arrancou em dezembro do ano passado.