Última hora

Última hora

Revolta dos "jordis" volta a inflamar a Catalunha

Em leitura:

Revolta dos "jordis" volta a inflamar a Catalunha

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de um protesto silencioso durante a manhã, milhares de catalães regressaram esta noite às ruas para exigir a libertação dos líderes das duas principais organizações independentistas do território. Em Barcelona, o protesto contou com a presença da presidente do parlamento regional, Carme Forcadell, e do vice-presidente do governo, Oriol Junqueras que tinham já denunciado o que consideram ser “prisioneiros políticos”.

A manifestação ocorre um dia depois de Jordi Cuixart e Jordi Sánchez, líderes das associações OMNIUM e Assembleia Nacional Catalã terem sido detidos, acusados de desobediência durante os protestos que antecederam o referendo independentista.

Uma situação que levou já o líder do governo catalão a exigir a Madrid que decida entre o diálogo e a repressão, dois dias antes de terminar o ultimato para que Barcelona clarifique se declarou ou não a independência.