Última hora

Última hora

Barcelona ambiciona Agência Europeia do Medicamento

Em leitura:

Barcelona ambiciona Agência Europeia do Medicamento

Tamanho do texto Aa Aa

A candidatura espanhola para levar a Agência Europeia do Medicamento (EMA – sigla em inglês) para a cidade de Barcelona prossegue, apesar da crise política.

A proposta foi apresentada por Mariano Rajoy antes do referendo catalão e quer o governo da Catalunha, quer o governo espanhol continuam a fazer lobbying em Bruxelas.

Na delegação da Catalunha junto da União Eurpeia acredita-se que a negociação entre o governo espanhol e a Generalitat pode permitir que a Catalunha independente aceda à União Europeia e que a sede da EMA, situada atualmente em Londres, possa ir para Barcelona após o Brexit.

Mas Madrid tem outra leitura da situação e a ministra espanhola da Saúde, Dolors Montserrat, deixa um recado ao presidente do governo da Catalunha:

“Envio daqui uma mensagem ao presidente Puigdemont para lhe dizer que tem uma grande oportunidade fazer voltar a Catalunha à legalidade, de voltar ao diálogo dentro da lei, de voltar ao congresso dos deputados de Espanha, que é onde estão representados todos e cada um dos catalães e o resto dos espanhóis, para diaogar dentro da lei, como sempre fizémos”

A crise política de Barcelona pode abrir boas perspetivas ao Porto, uma das cinco primeiras cidades na corrida para acolher a EMA – Agência Europeia do Medicamento.