Última hora

Última hora

Em leitura:

Grace Jones: Bloodlight and Bami


cinema

Grace Jones: Bloodlight and Bami

Grace Jones, a diva que nos anos 80 surpreendeu o mundo com uma voz inigualável e um visual andrógeno, mostra-se agora, sem máscaras no documentário “Bloodlight and Bami”.

O filme é assinado pela realizadora Sophie Fiennes e demorou uma década até estar concluído, como sublinha a cantora, atriz, modelo, Grace Jones.

“Demorou 10 anos a produzir. Não é que tenhamos decidido lançá-lo agora. Agora é a altura para fazê-lo.”

A realizadora, Sophie Fiennes, afirma que Jones lhe concedeu total controlo criativo e foi um trabalho árduo. Fiennes assegura que Grace não quis ver nada antes que a edição estivesse quase concluída, acabando, depois por contribuir com “ideias fantásticas.”

“Bloodlight and Bami” chega agora às salas de cinema. O filme abriu a secção Hearbeats, da edição deste ano do Doclisboa, no dia 20 de outubro.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Harvey Weinstein cada vez com mais dedos apontados

cinema

Harvey Weinstein cada vez com mais dedos apontados