Última hora

Última hora

Patrice Evra despedido do Marselha

O Marselha anunciou a rescisão, por mútuo acordo, do contrato com o internacional francês Patrick Evra.

Em leitura:

Patrice Evra despedido do Marselha

Tamanho do texto Aa Aa

O Marselha anunciou a rescisão, por mútuo acordo, do contrato com o internacional francês Patrice Evra. Através da sua página na Internet o clube gaulês elogiou “o comportamento exemplar” de Evra, desde janeiro de 2017 e, naturalmente até ao momento em que decidiu dar um pontapé a um adepto do seu clube, antes do encontro com o Vitória Guimarães, em Portugal, para a Liga Europa.

Foi a 2 de novembro que se deu o incidente. Cerca de 25 minutos antes do encontro meio milhar de apoiantes do clube invadiu o campo e começou a agredir alguns jogadores. O restante plantel interveio, com Evra a atingir um dos seus conterrâneos com um pontapé. Acabou expulso antes da partida.


O clube de Marselha justifica a decisão de quebrar o contrato com o jogador porque, ainda que este estivesse a responder a provocações de adeptos, “nada justifica a atitude que tomou”.

Até porque a sua “postura no relvado e fora dele deve inspirar os mais jovens”, pode ler-se na nota publicada pelo Marselha, justificativa da decisão de cessar o contrato com o jogador.


A UEFA também suspendeu Evra, de todas as competições em solo europeu, até 30 de junho de 2018 e aplicou-lhe uma multa de 10.000 euros.