Última hora

Última hora

Explosão estará na origem de desaparecimento de submarino argentino

O registo sonoro foi captado no Atlântico Sul, três horas e meia após a última comunicação do ARA San Juan.

Em leitura:

Explosão estará na origem de desaparecimento de submarino argentino

Tamanho do texto Aa Aa

“A informação recolhida aponta para a ocorrência de um incidente anómalo, isolado, rápido, violento, não-nuclear, e que é consistente com uma explosão” – foi o anúncio feito pelo capitão Enrique Balbi, da Marinha argentina.

O registo sonoro foi captado no Atlântico Sul, três horas e meia após a última comunicação do submarino argentino desaparecido. Na base naval de Mar del Plata, reina a revolta entre os familiares dos tripulantes.

No passado dia 15, o ARA San Juan, proveniente da Patagónia, veio à superfície pela última vez para dar conta de uma avaria nas baterias, tendo no entanto seguido a rota para Mar del Plata.

As operações de busca prosseguem, numa área aproximadamente do tamanho de França, com a ajuda de 14 navios e 10 aviões.

A Rússia enviou um navio oceanográfico que consegue efetuar deteções até 6 mil metros de profundidade.

O submarino tinha a bordo 44 tripulantes.