Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Explosão estará na origem de desaparecimento de submarino argentino

Explosão estará na origem de desaparecimento de submarino argentino
Tamanho do texto Aa Aa

“A informação recolhida aponta para a ocorrência de um incidente anómalo, isolado, rápido, violento, não-nuclear, e que é consistente com uma explosão” – foi o anúncio feito pelo capitão Enrique Balbi, da Marinha argentina.

O registo sonoro foi captado no Atlântico Sul, três horas e meia após a última comunicação do submarino argentino desaparecido. Na base naval de Mar del Plata, reina a revolta entre os familiares dos tripulantes.

No passado dia 15, o ARA San Juan, proveniente da Patagónia, veio à superfície pela última vez para dar conta de uma avaria nas baterias, tendo no entanto seguido a rota para Mar del Plata.

As operações de busca prosseguem, numa área aproximadamente do tamanho de França, com a ajuda de 14 navios e 10 aviões.

A Rússia enviou um navio oceanográfico que consegue efetuar deteções até 6 mil metros de profundidade.

O submarino tinha a bordo 44 tripulantes.