Última hora

Última hora

Robinho condenado a nove anos de prisão por agressão sexual

O avançado internacional brasileiro foi acusado de participação num alegado crime de violação cometido em 2013, quando jogava no AC Milan

Em leitura:

Robinho condenado a nove anos de prisão por agressão sexual

Tamanho do texto Aa Aa

O avançado internacional brasileiro Robson de Souza, mais conhecido como Robinho, atualmente a jogar no Atlético Mineiro, foi condenado a nove anos de prisão, em Itália, por um alegado crime de violência sexual.

Uma jovem albanesa que Robinho terá conhecido numa discoteca, em Milão, em 22 de janeiro de 2013, acusou, alguns meses mais tarde, um grupo de cinco homens, entre os quais o jogador brasileiro, de a terem violado depois de a embriagarem.

Para já, não será aplicada nenhuma sentença, pois o sistema de justiça italiano permite vários tipos de recurso.

A advogada do jogador, Marisa Alija, anunciou recurso contra a decisão do tribunal de Milão.

Robinho foi chamado a depor sobre este caso em 2014. O jogador emitiu na altura um comunicado no qual negou qualquer envolvimento na alegada agressão.