Última hora

Última hora

Coreia do Norte dispara novo míssil capaz de alcançar o Havai

Em leitura:

Coreia do Norte dispara novo míssil capaz de alcançar o Havai

© Copyright :
KCNA/File Photo via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Norte lançou um novo míssil balístico intercontinental às primeiras horas desta quarta-feira, revelaram as forças armadas sul-coreanas e confirmaram os Estados Unidos.

A Coreia do Sul especificou que o engenho terá sido disparado de Pyongsong, na província de Pyong sul, a norte da capital norte-coreana, Pyongyang, lê-se na agência de notícias local Yonhap.

Os dados sul-coreanos sugerem que o míssil tenha seguido uma rota em arco e pela altitude atingida é possível que até tenha percorrido mais de 10 mil quilómetros, o que colocaria o Havai, a 7500 quilómetros e onde está o quartel-general das forças americanas no Pacífico, ao alcance da Coreia do Norte num disparo mais longitudinal.

O Pentágono acrescentou que o projétil terá voado até uma distância de quase 1000 quilómetros antes de cair no Mar do Japão, na zona económica exclusiva nipónica.

O Comando Norte-Americano de Defesa Aeroespacial garantiu que o lançamento não representou qualquer perigo para o norte da América, os territórios americanos nem para os respetivos aliados.

O Presidente dos Estados Unidos foi informado ainda o projétil norte-coreano voava. Numa primeira reação, ao lado do general James Mattis, Donald Truimp prometeu "lidar com a situação."

Este terá sido o primeiro míssil disparado pela Coreia do Norte em dois meses e meio.

O último lançamento conhecido ocorreu a 15 de setembro. Um míssil de médio alcance foi disparado da Coreia do Norte e sobrevoou o Japão, onde se fizeram ouvir as sirenes de emergência, antes de cair no mar.

Donald Trump garante que lançamento de míssil não muda abordagem americana ao problema da Coreia do Norte