Última hora

Última hora

Homem esfaqueia autarca alemão favorável à imigração

Antes de desferir o golpe, o atacante terá dito que o presidente da Câmara Municipal, Andreas Hollstein, o deixava morrer de sede enquanto traz 200 refugiados para a cidade.

Em leitura:

Homem esfaqueia autarca alemão favorável à imigração

Tamanho do texto Aa Aa

Um autarca alemão foi esfaqueado por ser favorável à imigração.

Andreas Hollstein foi ferido no pescoço, na noite de segunda-feira, enquanto estava num restaurante da cidade de Altena, na Renânia do Norte-Vestefália.

Antes de desferir o golpe o atacante terá dito que o presidente da Câmara Municipal o deixava morrer de sede enquanto traz 200 refugiados para a cidade.

Hollstein teve de receber tratamento hospitalar.

O autarca acredita que o incidente é reflexo do ódio que floresce na internet.

"Creio que o que vimos em Altena não é muito diferente do que encontramos em outras cidades, por todo o país. Penso que as pessoas venenosas veem nas redes sociais um caminho para as mentes simples. É, desta forma, que descreveria o perpetrador. Não nutro ódio contra essas pessoas. Não falando em termos legais, mas, na minha opinião, o perpetrador foi apenas uma ferramenta", referiu Hollstein.

O atacante foi detido pelas autoridades.

A agressão gerou uma onde de apoio ao autarca.

Angela Merkel reagiu no Twitter, através do porta-voz do Governo, Steffen Seibert. A chanceler referiu estar "indignada com o ataque" e "aliviada" por saber que o correligionário já tinha "conseguido voltar para a família".

Esta não é a primeira vez que um incidente semelhante ocorre, na Alemanha. Em 2005, durante a campanha eleitoral para a autarquia de Colónia, a candidata Henriette Reker foi alvo de uma tentativa de assassinato.

Como depois se apurou a principal razão foi a sua política pró-refugiados.