Última hora

Última hora

Personalidades internacionais apelam à libertação de Deniz Yucel

Em leitura:

Personalidades internacionais apelam à libertação de Deniz Yucel

Personalidades internacionais apelam à libertação de Deniz Yucel
Tamanho do texto Aa Aa

Artistas e personalidades internacionais lançaram um apelo à libertação do jornalista germano-turco Deniz Yucel que este domingo cumpre 300 dias de detenção numa prisão turca.

Entre os nomes que se juntaram à petição conta-se o realizador Wim Wenders assim como os cantores Bono e Sting, entre muitos outros.

O jornalista é acusado de produzir “propaganda terrorista” e “incitar a população”. No entanto, apesar de ter sido detido em fevereiro, Yucel ainda não foi formalmente acusado pelas autoridades.

Esta semana o jornalista foi retirado do isolamento, facto acolhido com agrado pelas autoridades alemãs que afirmam continuar a trabalhar com vista à sua libertação.

Segundo grupos de defesa da liberdade de imprensa, pelo menos 150 editores, repórteres e jornalistas encontram-se detidos em prisões na Turquia. Pelo menos 156 órgãos de comunicação foram encerrados na sequência do golpe falhado de 2016. De acordo com a organização Amnistia Internacional, a repressão exercida pelas autoridades levou ao que descrevem como “a morte do jornalismo”.