Última hora

Última hora

Dykes: taxista suspeito de ter assassinado britânica

Em leitura:

Dykes: taxista suspeito de ter assassinado britânica

Dykes: taxista suspeito de ter assassinado britânica
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia libanesa deteve um taxista, suspeito de ter estrangulado a britânica que se encontrava a trabalhar na embaixada do Reino Unido, em Beirute.

Rebecca Dykes que integrava o Departamento de Desenvolvimento Internacional desde janeiro terá sido morta na madrugada deste sábado. O corpo foi encontrado na berma de uma estrada, nos arredores da capital do Líbano.

O Departamento de Desenvolvimento Internacional da missão britânica já reagiu. Numa mensagem publicada nas redes sociais, o porta-voz do Departamento lamentou a morte da funcionária e enviou as condolências à família. Também, o embaixador britânico no Líbano, Hugo Shorter disse que o corpo diplomático está "profundamente chocado" e "entristecido"com a morte de Dykes.

A britânica de 30 anos terá sido raptada depois de ter saído de um bar onde passou a noite de sexta-feira em Beirute. O corpo foi encontrado horas depois tendo a primeira autópsia apontado para estrangulamento como a causa da morte.