Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Dykes: taxista suspeito de ter assassinado britânica

Dykes: taxista suspeito de ter assassinado britânica
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia libanesa deteve um taxista, suspeito de ter estrangulado a britânica que se encontrava a trabalhar na embaixada do Reino Unido, em Beirute.

Rebecca Dykes que integrava o Departamento de Desenvolvimento Internacional desde janeiro terá sido morta na madrugada deste sábado. O corpo foi encontrado na berma de uma estrada, nos arredores da capital do Líbano.

O Departamento de Desenvolvimento Internacional da missão britânica já reagiu. Numa mensagem publicada nas redes sociais, o porta-voz do Departamento lamentou a morte da funcionária e enviou as condolências à família. Também, o embaixador britânico no Líbano, Hugo Shorter disse que o corpo diplomático está "profundamente chocado" e "entristecido"com a morte de Dykes.

A britânica de 30 anos terá sido raptada depois de ter saído de um bar onde passou a noite de sexta-feira em Beirute. O corpo foi encontrado horas depois tendo a primeira autópsia apontado para estrangulamento como a causa da morte.