Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": conselho a Kurze e imagem dos EUA

Em leitura:

"Breves de Bruxelas": conselho a Kurze e imagem dos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

A embaixadora norte-americana Nickky Haley promete não esquecer o que classificou de “insulto”, apesar do veto dos Estados Unidos ter deitado por terra a resolução do conselho de segurança da ONU que criticava qualquer posição unilateral sobre o estatuto de Jerusalém.

A euronews falou com dois intelectuais israelitas sobre os danos causados à imagem dos EUA enquanto mediador do conflito no Médio Oriente.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, ainda, o conselho deixado pelo comisssário europeu para a Migração ao novo primeiro-ministro da Áustria, o mais jovem líder do mundo.

“Quando temos esse tipo de aliança, há uma espécie de batalha interna pelo poder, a ver qual dos partidos tem mais influência sobre o outro. Mas os valores básicos sobre os quais se funda a democracia austríaca são muito resilientes. Os governos devem lembrar-se de uma coisa: que chegam ao poder, mas que depois partem. Já o Estado, a nação, a União Europeia, são coisas que continuarão no futuro. Por isso, devem tomar decisões responsáveis. Os líderes de hoje serão responsabilizados historicamente, serão avaliados pelas próximas gerações”, disse Dimitris Avramopoulos, em entrevista à euronews.