Última hora

Última hora

Dos relvados para a presidência da Libéria

Em leitura:

Dos relvados para a presidência da Libéria

Dos relvados para a presidência da Libéria
Tamanho do texto Aa Aa

Dos relvados para a presidência da Libéria. De acordo com a Comissão Nacional de Eleições, o antigo futebolista, George Weah, venceu a segunda volta das presidenciais com mais de 60 por cento dos votos.

Na capital, Monróvia, o ambiente é de festa e de emoção.

O até, agora, vice-presidente, Joseph Boakai, do Partido Unido, no poder na Libéria, foi o segundo mais votado com cerca de 39 por cento dos votos, praticamente os mesmos que Waeh na primeira volta das eleições.

Os resultados definitivos vão ser conhecidos esta sexta-feira.

Weah, o único africano a ser considerado o melhor jogador do ano pela FIFA sucede a Ellen Johnson-Sirleaf, prémio Nobel da Paz em 2011 que se tornou a primeira mulher eleita chefe de Estado, em África.

As presidenciais foram as primeiras eleições em mais de 70 anos neste país africano, fundado por escravos norte-americanos em 1847.

Weah de 51 anos toma posse em janeiro.