Última hora

Última hora

Irão assinala os 39 anos da Revolução Islâmica

Em leitura:

Irão assinala os 39 anos da Revolução Islâmica

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas saíram à rua no Irão para assinalar os 39 anos da Revolução Islâmica, semanas depois das manifestações anti-governo que provocaram mais de 20 mortos.

Desta vez, os alvos dos protestos foram Israel, os Estados Unidos e Donald Trump.

O Presidente, Hassan Rouhani, prometeu mais trabalho, melhores condições económicas e pediu unidade ao país.

“Empurrámos algumas pessoas para fora do comboio da revolução. Devíamos ter tentado que continuassem a bordo. Hoje, devemos convidar toda a gente para o comboio do sucesso e da vitória da revolução".

Com a Revolução Islâmica de 1979 o Irão afastou-se do ocidente e adotou uma posição tensa em relação aos Estados Unidos.