Última hora

Última hora

Moscovo investiga causas da queda do Antonov An-148

Em leitura:

Moscovo investiga causas da queda do Antonov An-148

Tamanho do texto Aa Aa

Investigadores russos tentam compreender o que levou à queda do Antonov An-148, com 71 pessoas a bordo. As condições são difíceis devido à espessa camada de neve. As operações deverão prolongar-se por vários dias devido também à extensão do terreno a ser analisado. A bordo da aeronave seguiam 65 passageiros, entre eles dois estrangeiros, da Suíça e Azerbaijão, e seis tripulantes. Morreram todos.

As autoridades estão a estudar várias hipóteses: as condições climáticas, o fator humano ou um problema técnico, mas não a de ataque terrorista.

O avião comercial, da Saratov Airlines, tinha descolado há quatro minutos do aeroporto Domodedovo, na capital russa, em direção a Orsk, quando desapareceu dos radares e se perderam as comunicações. Os destroços foram encontrados espalhados perto da cidade de Stepanovskoye.

A maioria dos passageiros era da região de Orenburg, onde fica Orsk. O governador decretou um dia de luto, para esta segunda-feira.

O presidente Putin tinha já ordenado que fosse criada uma comissão especial para investigar este desastre aéreo.