Última hora

Última hora

Barnier alerta para divergências "significativas" entre Londres e Bruxelas

Em leitura:

Barnier alerta para divergências "significativas" entre Londres e Bruxelas

Michel Barnier
Tamanho do texto Aa Aa

O principal negociador europeu responsável pela saída do Reino Unido da União Europeia, Michel Barnier, reafirmou esta terça-feira persistirem diferenças significativas entre Londres e Bruxelas relativamente aos termos da saída assim como ao período de transição pós-março 2019.

"Continuam a existir diferenças de opinião importantes entre nós e o Reino Unido sobre o significado da "transição"

Michel Barnier Principal negociador da UE para o Brexit

"Continuam a existir diferenças de opinião importantes entre nós e o Reino Unido sobre o significado da "transição", as condições e dimensão desta "transição". Por exemplo, relativamente à duração desta transição, nós sugerimos que termine a 31 de dezembro de 2020, ao mesmo tempo que termina a fase correspondente do orçamento pluri-anual. O Reino Unido pretende manter esta duração em aberto, tal como nós o entendemos", afirmou Michel Barnier

As declarações têm lugar depois do líder da oposição britânica, Jeremy Corbyn ter esta semana afirmado ser sua intenção manter o Reino Unido na união aduaneira. No entanto, para um alto representante da diplomacia alemã o que é necessário é mais substância por parte do governo britânico.

"É claro que gostamos das propostas do líder da oposição mas no fim de contas, enquanto democratas, temos que aceitar que as propostas do lider da oposição não são decisivas, mas sim aquelas do governo eleito. É aí que necessitamos de ver mais substância e medidas concretas", adiantou Michael Roth, representante do ministério dos negócios estrangeiros alemão.

Barnier adiantou que as propostas britânicas não avançam com um solução para a questão da Irlanda do Norte que permanece por resolver; o principal negociador da UE para o Brexit rejeitou ainda propostas britânicas segundo as quais o Reino Unido escolheria as áreas em que converge, ou diverge, da União Europeia.

Os dois lados têm até outubro para chegar a acordo a fim de evitar a saída desordenada do Reino Unido da União Europeia.

João Ferreira