Última hora

Última hora

Vírus mata mais de 140 golfinhos no Rio de Janeiro

Em leitura:

Vírus mata mais de 140 golfinhos no Rio de Janeiro

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 140 golfinhos foram encontrados mortos, desde novembro, perto do Rio de Janeiro. A maioria deles na Baía de Sepetiba. Em janeiro eram já cerca de 80, dizia o Instituto Boto Cinza, mas desconheciam-se as causas.

Agora, sabe-se que as mortes se devem a um vírus que afeta os golfinhos e os riscos para os cerca de 800 que passam por estas águas são grandes:

"(...) Estamos a enfrentar um risco real de ver esta população a diminuir. Podem afetar mais de 70%. (...) Sabemos que esta população desempenha um papel pois são grandes predadores. Se perdermos estes golfinhos aqui, estamos a perder uma das principais espécies deste habitat", adianta o biólogo Leonardo Flach.

É a primeira vez que o vírus causa tantas mortes no Oceano Atlântico. O facto de esta espécie ser mais sociável, reúnem-se de manhã para apanhar peixe na baía ajuda à contaminação.