Última hora

Última hora

Vírus mata mais de 140 golfinhos no Rio de Janeiro

Em leitura:

Vírus mata mais de 140 golfinhos no Rio de Janeiro

Vírus mata mais de 140 golfinhos no Rio de Janeiro
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 140 golfinhos foram encontrados mortos, desde novembro, perto do Rio de Janeiro. A maioria deles na Baía de Sepetiba. Em janeiro eram já cerca de 80, dizia o Instituto Boto Cinza, mas desconheciam-se as causas.

Agora, sabe-se que as mortes se devem a um vírus que afeta os golfinhos e os riscos para os cerca de 800 que passam por estas águas são grandes:

"(...) Estamos a enfrentar um risco real de ver esta população a diminuir. Podem afetar mais de 70%. (...) Sabemos que esta população desempenha um papel pois são grandes predadores. Se perdermos estes golfinhos aqui, estamos a perder uma das principais espécies deste habitat", adianta o biólogo Leonardo Flach.

É a primeira vez que o vírus causa tantas mortes no Oceano Atlântico. O facto de esta espécie ser mais sociável, reúnem-se de manhã para apanhar peixe na baía ajuda à contaminação.