Última hora

Última hora

Manifestação contra aquisição da Monsanto pelo grupo Bayer

Em leitura:

Manifestação contra aquisição da Monsanto pelo grupo Bayer

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de pessoas manifestaram-se, este sábado, na cidade francesa de Lyon contra a fusão de dois gigantes mundiais das áreas da farmacêutica, dos pesticidas e da agricultura.

O projeto de aquisição da norte-americana Monsanto pelo grupo alemão Bayer precisa do carimbo da Comissão Europeia. A votação está prevista para 12 de março.

"O nosso combate prende-se com a saúde pública, com a biodiversidade e com os agricultores. Estamos a lutar contra os agroquímicos, contra a agroindústria, mas não contra os agricultores" refere um francês.

Preços inflacionados, menos qualidade e concorrência são algumas das preocupações manifestadas por Bruxelas com a aquisição. A fusão garantiria à Bayer e Monsanto 30 por cento do mercado mundial de sementes e 24 por cento dos pesticidas pondo em causa a política de livre concorrência, considerado um dos pilares da União Europeia.

No ano passado a Comissão Europeia autorizou duas megas fusões no setor agroquímico. Uma situação que os contestatários querem evitar que volte a ocorrer, desta vez, com a compra da Monsanto - produtora de sementes geneticamente modificadas - pelo grupo farmacêutico e agroquímico alemão Bayer.