A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Manifestação contra aquisição da Monsanto pelo grupo Bayer

Manifestação contra aquisição da Monsanto pelo grupo Bayer
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de pessoas manifestaram-se, este sábado, na cidade francesa de Lyon contra a fusão de dois gigantes mundiais das áreas da farmacêutica, dos pesticidas e da agricultura.

O projeto de aquisição da norte-americana Monsanto pelo grupo alemão Bayer precisa do carimbo da Comissão Europeia. A votação está prevista para 12 de março.

"O nosso combate prende-se com a saúde pública, com a biodiversidade e com os agricultores. Estamos a lutar contra os agroquímicos, contra a agroindústria, mas não contra os agricultores" refere um francês.

Preços inflacionados, menos qualidade e concorrência são algumas das preocupações manifestadas por Bruxelas com a aquisição. A fusão garantiria à Bayer e Monsanto 30 por cento do mercado mundial de sementes e 24 por cento dos pesticidas pondo em causa a política de livre concorrência, considerado um dos pilares da União Europeia.

No ano passado a Comissão Europeia autorizou duas megas fusões no setor agroquímico. Uma situação que os contestatários querem evitar que volte a ocorrer, desta vez, com a compra da Monsanto - produtora de sementes geneticamente modificadas - pelo grupo farmacêutico e agroquímico alemão Bayer.