Última hora

Última hora

Afinal o erro foi bem maior do que se pensava

Em leitura:

Afinal o erro foi bem maior do que se pensava

Tamanho do texto Aa Aa

Afinal, o erro é bem maior do que aquilo que se pensava. O Facebook admitiu que a Cambridge Analytica acedeu não a 50 mas a mais de 87 milhões de contas sem autorização. A onda de criticas à rede social facebook não pára de aumentar.

Mark Zuckerberg, desta vez numa chamada telefónica feita por jornalistas, voltou a admitir que a rede social cometeu uma série de erros, incluindo acreditar que os programadores cumprem as regras da privacidade de dados.

"Não nos concentrámos o suficiente em evitar abusos e em pensar em como as pessoas poderiam usar estas ferramentas para causar danos. E isto que digo vale para notícias falsas, interferência estrangeira em eleições, discursos de ódio, além da privacidade de dados. Não tivemos uma visão ampla da que é a nossa responsabilidade, e isso foi um grande erro. Foi um erro meu.", admite o diretor executivo da empresa.

Agora, o que se impõe é a segurança da rede social e a credibilidade perante quem a utiliza.

Erros admitidos, a empresa partilhou algumas mudanças que o Facebook irá sofrer, para que a informação privada dos utilizadores esteja segura e inacessível a programadores externos.