Última hora

Última hora

Novo primeiro-ministro divide Itália

Em leitura:

Novo primeiro-ministro divide Itália

© Copyright :
REUTERS/Tony Gentile
Tamanho do texto Aa Aa

Um governo pequeno e escolhido em tempo recorde. Tarefa a cumprir esta terça-feira pelo novo primeiro-ministro interino italiano. Carlo Cottarelli, um antigo quadro do Fundo Monetário Internacional, foi escolhido pelo Presidente da República.

Sérgio Matarella quis por um travão aos partidos populistas, que se juntaram para formar governo e escolheram um eurocéptico para Ministro das Finanças.

Para os próximos estão previstas manifestações contra e a favor desta decisão. Os apoiantes do M5S e da Liga, que apresentaram uma coligação para governar o país e foram "chumbados" por Matarella, marcaram uma manifestação para sábado.

Antes, na sexta-feira, está marcada para Roma uma manifestação nacional liderada pelo Partido Democrático de Matteo Renzi.

Novas eleições que devem ocorrer entre o outono deste ano e o início de 2019.

Analistas acreditam que o papel da Itália na União Europeia e vice-versa será a questão central, como aconteceu na Grã-Bretanha, quando foi votado o Brexit.