Última hora

Última hora

Jornada de protesto em Roma

Em leitura:

Jornada de protesto em Roma

Jornada de protesto em Roma
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas desfilaram este sábado pelas ruas de Roma em protesto. Exigiram reformas para garantir direitos à habitação, gestão do território, salários, condições de trabalho dignas e apoios sociais.

Os ativistas da União Sindical de Base (USB) fizeram-se representar de forma significativa na manifestação que ocorre no rescaldo do assassinato de um dos elementos da USB.

Soumayla Sacko, um imigrante legal de 29 anos do Mali, foi assassinado a 2 de junho a tiros em San Calogero, na região sul da Calábria.

Juntamente com dois outros imigrantes foi flagrado por um homem, entretanto detido, a recolher chapas de metal de um lugar abandonado para construir barracas.

O caso ocorreu em clima de plena ebulição em Itália por causa do tema da imigração.