Última hora

Última hora

Michael Jackson visto por outros artistas

Em leitura:

Michael Jackson visto por outros artistas

Exposição na National Portrait Gallery em Londres
Tamanho do texto Aa Aa

O impacto de Michael Jackson sobre outros artistas, este o mote da mais recente exposição na National Portrait Gallery, em Londres. Quarenta e oito artistas inspirados pela música daquele que é visto por muitos como o Rei da Pop.

"Penso que agora já possível pensar em Michael Jackson com alguma perspetiva histórica"

Nicholas Cullinan Curador

A exposição abriu na mesma semana em que o pai da estrela, Joe Jackson, faleceu aos 89 anos de idade. Se Michael Jackson fosse vivo celebraria 60 anos de idade em agosto.

"Penso que agora já possível pensar em Michael Jackson com alguma perspetiva histórica, pensar no que ele conseguiu em termos de quebrar barreiras mas também do que representava para muitas pessoas" diz Nicholas Cullinan, o curador desta iniciativa.

O artista e fotógrado norte-americano Todd Gray trabalhou para Michael Jackson durante os anos 70 e 80. Para ele, Jackson "mudou muito ao longo dos anos; toda a gente tem uma ideia muito própria sobre quem foi Michael", afirma.

Graham Dolphin é um artista visual britânico que, através das suas obras, já prestou tributo a muitas estrelas internacionais.

"Ele ultrapassou as ideias de género e raça de uma forma muito estranha... através de transformações sucessivas. E é aí que reside o fascínio, é por isso que os artistas visuais continuam a olhar para ele como uma figura", adianta Dolphin.

A exposição intitula-se "Michael Jackson: On the Wall" e pode ser visitada na National Portrait Gallery, em Londres, até 21 de outubro.

Mais sobre Cult