Última hora

Última hora

SPD e Liberais pedem responsabilidade no Governo alemão

Em leitura:

SPD e Liberais pedem responsabilidade no Governo alemão

SPD e Liberais pedem responsabilidade no Governo alemão
Tamanho do texto Aa Aa

As tensões entre os democratas cristãos da CDU e os sociais-cristãos bávaros da CSU, no seio do Governo de coligação na Alemanha, não passam despercebidas dentro e fora da coligação.

Os sociaisdemocratas, parte da coligação no Governo Federal, apelam ao diálogo.

O centro-esquerda disse a Angela Merkel que quer um Executivo duradouro.

O ministro do Trabalho, do SPD, Hubertus Heil, explicou aos jornalistas que o SPD esperava que a chanceler Merkel e que o ministro do Interior (Administração Interna), Horst Seehofer, assumissem uma postura de responsabilidade.

"O que se está a passar com a CDU-CSU, especialmente com a CSU, é algo que preocupa muito o SPD.

É importante que todos entendam que não se trata de lutar por pequenas vantagens e interesses. É o futuro do país que está em jogo."

Já os liberais-democratas do FDP, ainda que fora do Governo, seguem com atenção os acontecimento.

Christian Lindner, o líder do partido, sugeriu uma cimeira alemã sobre a migração.

Lindner referiu, na sua conta da rede social Twitter, Um encontro com representantes de Governos locais, estaduais e Federal.

"Um consenso necessário para abordar a crise dos refugiados," acrescentou.

Dentro e fora da coligação pede-se a superação de tensões com vista à sobrevivência do Executivo da primeira economia do bloco europeu.