Última hora

Última hora

Merkel reúne-se com Seehofer para decidir futuro da coligação

Em leitura:

Merkel reúne-se com Seehofer para decidir futuro da coligação

Merkel reúne-se com Seehofer para decidir futuro da coligação
Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel reune-se esta segunda-feira com o ministro do interior alemão Horst Seehofer. Em cima da mesa, está o futuro da coligaçâo.

Para surpresa de alguns parceiros do seu partido, a União Social-Cristã da Baviera (CSU), Seehofer pediu, este domingo a demissão do cargo que ocupa no executivo e da liderança partidária.

Na base da decisão está o tratamento dado aos imigrantes registados em outros países europeus. Seehofer quer reenviá-los para a fronteira. Merkel rejeita a solução com medo de criar um efeito dominó.

A pedido de alguns membros do partido, Seehofer recuou e, antes de decidir se sai, vai reunir-se com a chanceler alemã. Uma decisão que deverá ser revelada nos próximos três dias.

O consenso interpartidário é para já, de acordo com o analista político Matthew Karnitschnig, uma vontade que impera dentro da CSU. "Creio que há definitivamente alguma divisão dentro da CSU, no partido de Seehofer sobre que rumo devem tomar. Acho que ele tem um grande apoio para assumir as medidas duras que defende, mas, ontem, chegados à beira do prazo, as pessoas no partido começaram a aperceber-se do que se estava a passar e a achar que se calhar era melhor dar um pouco mais de tempo, que ele pensasse mais sobre o assunto e que fosse para a reunião com Angela Merkel para ver se chegavam a algum compromisso", defende o analista.

Os diferendos entre os dois líderes conservadores não vêm de agora. Em 2015, o ainda ministro do inteiror criticou Merkel por ter acolhido os migrantes presos na Hungria. Mais recentemente, defendeu que o Islão não tinha lugar na Alemanha. Posições que nunca colheram o apoio de Merkel.