Última hora

Última hora

Estudantes libertados na Nicarágua

Em leitura:

Estudantes libertados na Nicarágua

Estudantes libertados na Nicarágua
Tamanho do texto Aa Aa

Bispos católicos asseguraram este sábado a libertação dos mais de 200 estudantes que estavam retidos numa igreja cercada pela polícia em Manágua.

O cerco começou sexta-feira à noite depois de um ataque de polícias e militares à Universidade Autónoma da Nicarágua para desmobilizar mais uma ação de protesto contra o presidente Daniel Ortega.

Muitos dos estudantes fugiram para a Igreja Católica da Divina Misericórdia, situada ao lado da Universidade.

Dois manifestantes morreram durante o cerco.

Para o padre católico Juan Domingo Gutierrez “a igreja tem de estar ao lado das pessoas e da comunidade. Especialmente em momentos de crise como acontece neste momento na Nicarágua e em situações difíceis, quando o comportamento das autoridades não faz sentido”.

O cerco aos estudantes aumentou as críticas ao presidente e à repressão violenta contra a oposição ao seu governo.

Em três meses de protestos mais de 270 pessoas morreram e 2 mil ficaram feridas.